Vice-prefeito participa de comemoração do Dia do Imigrante Chinês

O vice-prefeito de Campinas, Henrique Magalhães Teixeira, participou no domingo, dia 19 de agosto, da festa em comemoração ao Dia do Imigrante Chinês. Realizado na Estação Cultura, o evento contou com apresentações artísticas, exposição cultural e comidas típicas.

 

 

Representando o prefeito Jonas Donizette, o vice-prefeito destacou que o evento foi um reconhecimento pela cooperação da comunidade chinesa ao Brasil, em especial para Campinas. “Após mais de cem anos de imigração, os chineses deram várias contribuições para a nossa cultura, como, por exemplo, na cozinha típica, artes marciais e conhecimentos na medicina. Em Campinas, a comunidade chinesa e seus descendentes já contam com quase mil pessoas. Grande parte dos investimentos chineses de 2017 teve como destino o município de Campinas. Por tudo isso, é uma justa homenagem que fazemos com a comemoração desta data”, afirmou Henrique Magalhães Teixeira.

 

 

O Dia do Imigrante Chinês foi instituído em Campinas pela lei municipal nº 15.643, de 3 de julho de 2018, de autoria do vereador Marcos Bernadelli. A data será comemorada anualmente em 15 de agosto e passa a constar no calendário oficial do município.

 

 

O evento na Estação Cultura contou com a presença de autoridades e representantes da comunidade chinesa, em especial com a cônsul-geral da China em São Paulo, Chen Peijie. Além de agradecer pela realização da primeira edição do evento na cidade, a cônsul reforçou o objetivo de estreitar ainda mais as relações entre Campinas e a China. “Nós sentimos que os amigos de Campinas estão sempre de braços abertos para a comunidade chinesa. Estou comovida com este evento. É uma amizade recíproca que temos a intenção de aprofundar ainda mais”, disse Chen Peijie.

 

 

Realizado pela Associação Aliança Brasil-China de Campinas e RMC, o evento contou com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo de Campinas, por intermédio do departamento de Cooperação Internacional. “Esta festa, que agora acontecerá todo ano para celebrarmos a imigração chinesa em Campinas, será sempre uma ocasião importante para fortalecermos os laços e a união entre a nossa cidade e o país-irmão”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo, André von Zuben, em seu discurso na abertura.

 

 

Após a cerimônia de abertura, foram realizadas várias apresentações culturais, como músicas, danças e artes marciais. A festa também contou com barracas de comidas típicas, como yakisoba, guioza e o macarrão feito à mão na hora, que chamou a atenção de todos. O público também pôde visitar e aprender nas barracas de caligrafia e pintura chinesa, assim como receber uma sessão de acupuntura. O evento teve, ainda, um espaço especial para a exposição de aproximadamente cem quadros com lindas imagens da história, costumes, cultura e arte do povo chinês.