Rede Mário Gatti tem novo centro de distribuição de medicamentos e insumos

 

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, entregou o novo centro de distribuição de medicamentos e insumos da Rede Mário Gatti, nesta terça-feira, 15 de maio, como parte do programa “Campinas em movimento – 50 dias de entregas”. Esse novo centro vai qualificar a distribuição dos medicamentos e de outros produtos utilizados pela Rede Mário Gatti.

 

 

O presidente da Rede, Marcos Pimenta, e o secretário municipal de Saúde, Carmino de Souza, também estiveram presentes.

 

 

O espaço foi reformado e totalmente readequado para instalar o novo centro de distribuição, que antes funcionava no subsolo do Hospital Mário Gatti. Nessa área havia um arquivo, que foi levado para outro local. Nas novas instalações, são feitos o armazenamento e a distribuição logística de insumos (materiais e medicamentos), inclusive no que se refere às normas da vigilância sanitária.

 

 

“Este novo espaço vai garantir mais eficiência na distribuição dos medicamentos e dos insumos e, com isso, evitar desperdícios. Com a implantação do novo centro, haverá maior controle da movimentação dos estoques, o que permitirá um planejamento mais eficiente das compras”, disse o prefeito Jonas Donizette.

 

 

A unidade tem 120 mil itens cadastrados entre medicamentos e insumos. O investimento na reforma foi R$ 800 mil, sendo R$ 300 mil em recursos próprios e R$ 500 mil da empresa responsável pela gestão do local. A obra durou sete meses.

 

 

“Este processo já estava sendo implementando, mas não tínhamos o espaço. Neste centro, temos qualidade e controle integral da entrada do insumo até o consumidor final, que é o paciente. Estamos capacitados a fornecer de maneira mais adequada para nossas unidades todos os insumos armazenados aqui, inclusive com máquina que fraciona as doses”, disse o presidente da Rede Mário Gatti, Marcos Pimenta.

 

 

Para os pacientes também haverá mais segurança, pois toda a medicação que sair do centro terá a identificação do paciente, feita a partir da prescrição médica.

 

 

A distribuição dos insumos no Hospital Mário Gatti foi terceirizada há mais de três anos e traz uma economia de cerca de R$ 2,5 milhões/ano com a redução de perdas, qualificação da assistência e otimização na dispensa e controle de medicamentos.

 

 

Sobre Rede Mário Gatti

 

 

A Rede Mário Gatti é composta pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPAS) São José, Campo Grande e Anchieta, pelos hospitais Mário Gatti e Ouro Verde e pelo Samu.