Posto do ‘Sebrae Aqui’ será inaugurado em março no CPAT de Campinas

 

 

A partir de março, Campinas terá um posto de atendimento do “Sebrae Aqui”. O anúncio da inauguração da unidade foi feito pelo prefeito de Campinas, Jonas Donizette, e o presidente do Sebrae-SP, Paulo Skaf, na manhã desta quinta-feira, dia 1º, na Sala Azul, durante a cerimônia de assinatura do Termo de Parceria firmado entre o município e o Sebrae-SP para instalação do serviço na cidade.

 

 

O “Sebrae Aqui” é um canal de atendimento presencial, criado por meio de parcerias com prefeituras e entidades sem fins lucrativos, voltado para microempreendedores individuais e pequenos empresários, e pessoas que desejam abrir um pequeno negócio. O posto vai funcionar nas dependências do CPAT (Centro Público de Apoio ao Trabalhador), ligado à Secretaria Municipal de Trabalho e Renda, na avenida Campos Sales, 427, Centro.

 

 

O prefeito Jonas Donizette destacou a importância do trabalho do Sebrae na capacitação e formalização de empreendedores e falou sobre os conceitos modernos de geração de trabalho e renda. “No passado, as pessoas pensavam em trabalhar, ter uma profissão e conseguir um bom emprego. Esse conceito ainda permanece, mas cada vez mais a configuração do emprego está mudando. O raciocínio hoje é o seguinte: que tipo de negócio posso desenvolver para a minha subsistência e ainda gerar oportunidades na vida de outras pessoas?” apontou o prefeito.

 

 

Jonas lembrou que o brasileiro é reconhecido internacionalmente como um povo que tem capacidade de superar adversidades. Nessa linha, prosseguiu, o trabalho do Sebrae fortalece esse espírito empreendedor. “Para ser bem sucedido, o empreendedor deve ter, além da aptidão natural e preparo técnico para desenvolver determinado negócio, visão administrativa. E o Sebrae é uma referência nesse assunto”, concluiu o prefeito.

 

 

Para o presidente do Sebrae-SP, Paulo Skaf, é preciso desenvolver políticas públicas que valorizem o empreendedorismo. Ele comparou o cenário de negócios nos Estados Unidos com o do Brasil. Segundo Skaf, o insucesso é visto com naturalidade entre os norte-americanos. “No Vale do Silício (região da Califórnia, nos EUA, onde se concentram empresas de alta tecnologia) as pessoas não se deixam abater pelo fracasso em seus negócios. Lá, o sujeito simplesmente perde o capital investido, mas não fica como no Brasil, sofrendo a vida toda para se recuperar, pagando dívidas trabalhistas, fiscais e previdenciárias intermináveis”, comparou Skaf.

 

 

O secretário municipal de Trabalho e Renda, Luis Yabiku, enalteceu a atuação do Sebrae na formação, capacitação e orientação técnica aos micro e pequenos empresários. Para ele, a parceria do “Sebrae Aqui” vai potencializar o trabalho já desenvolvido pela Casa do Empreendedor, órgão ligado à sua Pasta, que em quatro anos atendeu 71.788 pessoas. “A partir de março, o campineiro que quiser empreender, abrir um pequeno negócio, poderá procurar o posto do “Sebrae Aqui” no CPAT e obter informações sobre como sair da informalidade e se preparar adequadamente para desenvolver o seu próprio negócio”, afirmou Yabiku.

 

 

Serviços oferecidos

 

 

A nova unidade de atendimento do “Sebrae Aqui” vai operar em conjunto com a Casa do Empreendedor. Os serviços oferecidos serão: orientações sobre abertura de empresas (MEI, ME E EPP), formalização, baixa e alteração de inscrição no MEI, orientações sobre licenciamento e alvarás, emissão de DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional), orientação sobre declaração de imposto de renda de pessoa jurídica, palestras, oficinas, cursos e consultorias especializadas. Todos esses serviços serão gratuitos.

 

 

As metas anuais do “Sebrae Aqui” Campinas são de 1.200 atendimentos individuais e sete atendimentos coletivos. De acordo com a parceria firmada, a Prefeitura empresta o local e os funcionários e o Sebrae fornece a metodologia e os equipamentos.

 

 

O prazo de vigência do termo de cooperação será de cinco anos, podendo ser prorrogado. Um comitê gestor, formado por dois representantes da Prefeitura e dois do Sebrae, fará a gestão, o planejamento e monitoramento dos resultados do programa.

 

 

Sobre o programa

 

 

Atualmente, nove unidades do “Sebrae Aqui” operam na região de Campinas nas cidades de Amparo, Artur Nogueira, Conchal, Hortolândia, Monte Alegre do Sul, Pedreira, Socorro, Sumaré e Valinhos. Além de Campinas, outras quatro unidades serão inauguradas até março em Cosmópolis, Jaguariúna, Monte Mor e Paulínia.

 

 

Em todo o Estado, 139 postos serão instalados até março deste ano, elevando para 219 o número total de unidades do “Sebrae Aqui” em São Paulo. Com isso, a rede vai atingir 90% dos pequenos negócios existentes hoje no Estado.

 

 

Casa do Empreendedor

 

 

A Casa do Empreendedor, ligada à Secretaria Municipal de Trabalho e Renda, tem como objetivo fomentar o empreendedorismo e o desenvolvimento territorial. De 2014 a 2017, o órgão atendeu 71.788 pessoas, em um total de 22 serviços oferecidos. Em 2017, atendeu 25.225 pessoas.

 

 

De acordo com dados do Portal do Microempreendedor atualizados até 31 de dezembro de 2017, Campinas possui 57.931 empresas optantes pelo MEI. Isto significa negócios em torno de R$ 1,5 bilhão ao ano, considerando uma renda média anual de R$ 30 mil para um público de 50 mil pessoas.