Poeta Fabíola Rodrigues lança livro na Biblioteca Zink nesta sexta

A poesia plena de sensualidade e exuberância da poeta Fabíola Rodrigues está de volta em seu novo livro “Vide bula – farmacologia poética de três pílulas” (7Letras, 2018). O lançamento acontece na Biblioteca Pública Municipal Prof. Ernesto Manoel Zink, na próxima sexta-feira, 10 de agosto, às 19h30, com a participação da autora em uma roda de conversa sobre a obra e o processo criativo.

 

 

Após “Carta náutica das desimportâncias” (7Letras, 2015), que se espelhava nos anos vividos em Moçambique, África, o novo volume de poesias traz uma escritora mais urbana e uma poesia do “aqui e agora”, na qual se privilegia um olhar íntimo e intimista do mundo contemporâneo. 

 

 

 

Fabíola explora com entusiasmo e desenvoltura as várias facetas de ser mulher: amante, viajante, pensante e participante ativa da vida que pulsa em cada momento, epifania e deleite de usar as palavras para pensar aquilo que só pode ser dito por meio da linguagem poética. 

 

 

Concebido como um inventário poético da melancolia, o livro é dividido em três partes – Oníria, Ocaso, Olvido – e em cada uma delas se oferecem ao leitor pílulas para os males da alma travestidas em poesias com títulos como Hidrografia dos teus pés, Blandícia, Café instantâneo, Aula de paleontologia, Pós-verdade, entre outros. 

 

 

Fabíola Rodrigues nasceu em Votuporanga (SP). Socióloga, mestre e doutora em Demografia, atua na gestão pública de assistência social em Campinas (SP). É autora também do volume de poesias “Carta náutica das desimportâncias”.  

 

 

Serviço

Quando: 10 de agosto, sexta, 10h30.

Onde: Biblioteca Pública Municipal Prof. Ernesto Manoel Zink (Rua Benjamin Constant, 1.633. Centro. Campinas)

Entrada gratuita.