Operação apreende milhares de cartazes que seriam colados em postes

 

Uma ação da Prefeitura de Campinas, por meio da fiscalização da Setec (Serviços Técnicos Gerais), em parceria com a Guarda Municipal e equipes do Garra da Polícia Civil, realizada na tarde desta quinta-feira, dia 3 de maio, apreendeu milhares de cartazes que estavam sendo colados em postes da cidade. Os papeis ofereciam serviço de “videntes, búzios, tarôs, amarração amorosa e trabalhos esotéricos”.

 

 

A afixação de cartazes em postes é proibida pela legislação municipal. Os infratores foram conduzidos para o 4o Distrito Policial de Campinas e vão responder pelo crime de poluição ambiental.

 

 

A operação para coibir a colagem irregular localizou os cartazes oferecendo esses tipos de serviços em duas residências na região do Taquaral. Os agentes chegaram até essas residências após trabalho de investigação.

 

 

Na primeira residência, localizada na Rua Afrânio Peixoto, o material foi localizado em um dos cômodos da casa, e recolhido pelos agentes. No local, pessoas que se identificaram como parentes do infrator assinaram os autos de apreensão e de infração, com multa da Setec por colagem de peça de publicidade em poste instalado no solo público sem autorização.

 

 

Na segunda residência, localizada na rua Fernão de Magalhães, também foram recolhidos cartazes oferecendo serviços de búzios e tarôs. No local, pessoas que se declararam familiares da infratora, foram informadas sobre a legislação específica que regulamenta os diferentes tipos de publicidade em solo público.

 

 

Todas as pessoas que assinaram os autos de apreensão e de infração foram conduzidas para o 4o Distrito Policial.

 

 

A Prefeitura tem realizado o monitoramento constante desse tipo de atividade irregular em vários pontos da cidade, para coibir e punir os infratores. Já foram realizadas operações anteriores no centro da cidade.