Novas tecnologias para segurança são apresentadas em reunião na Huawei

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, se reuniu na manhã desta terça-feira, dia 3 de abril, em São Paulo, com o presidente da Huawei no Brasil, Yao Wei. Além de uma conversa sobre projetos de Safe City (Cidade Segura) e a parceria assinada entre Campinas e a multinacional chinesa no mês de março, a reunião incluiu uma visita ao Centro de Experiência em Inovação e Integração de Soluções para Clientes (CSIC), na sigla em inglês, da Huawei Brasil. 

 

 

 

A visita abordou um projeto-piloto já firmado entre a Prefeitura de Campinas, a Huawei do Brasil Telecomunicações e o CPQD (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações), para o desenvolvimento de soluções tecnológicas na área de segurança pública. 

 

 

 

Assinado em 15 de março, o memorando de entendimento entre os parceiros marcou o início das atividades previstas no convênio celebrado entre a Prefeitura de Campinas, a IMA e o CPQD em 2016, em prol do desenvolvimento tecnológico nas áreas de cidades inteligentes e internet das coisas.

 

 

 

Segundo o prefeito Jonas Donizette, a parceria integra a série de ações e obras do “Campinas em Movimento – 50 dias de Entregas” e direciona-se à área de segurança. “Conversamos hoje sobre o projeto que usará a tecnologia e a inteligência da Huawei para detectar situações e pessoas envolvidas em ilícitos. Conheci tecnologias de reconhecimento facial de última geração, além de inovações que identificam o motorista e os trajetos que os carros percorreram. Isso vai nos dar condições de ao implantar esse projeto em Campinas ter uma cidade mais segura”, afirmou. 

 

 

 

As soluções serão desenvolvidas em conjunto com a Secretaria Municipal de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública, por meio da Cimcamp (Central Integrada de Monitoramento de Campinas), e da IMA (Informática de Municípios Associados). O objetivo é ampliar a capacidade de monitoramento da cidade de campinas por meio da utilização de câmeras e sistemas inteligentes.

 

Serão disponibilizadas, pela Huawei, no mínimo, 30 câmeras inteligentes, que serão integradas à Cimcamp, atualmente com 300 câmeras. Existe a possibilidade que a Huawei disponibilize no total 120 câmeras inteligentes.

 

 

 

Além dos representantes da Huawei, a reunião teve a presença do diretor de Cooperação Internacional de Campinas, Tak Chung Wu; do vice-presidente de Pesquisa e Desenvolvimento do CPqD, Alberto Paradisi; do gerente do CPqD, Vinicius Garcia; e do diretor da Central Integrada de Monitoramento de Campinas (Cimcamp), Willian Barbanera.

Os visitantes conheceram o CSIC, rede de laboratórios técnicos de ponta que permite experimentar e arquitetar soluções, além de validar em tempo real o impacto da adoção de novas aplicações e serviços em suas linhas de negócio. 

 

 

Sobre a Huawei

 

 

A Huawei é uma empresa multinacional de soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). A empresa está presente em mais de 170 países e territórios com mais de 180 mil funcionários em todo o mundo. No Brasil desde 1999, a Huawei tem parcerias estabelecidas com operadoras de telecomunicações e possui escritórios nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba e Recife, além de um centro de distribuição em Sorocaba (SP) e um centro de treinamento em São Paulo (SP).