IV MOSTRA ALÉM DA LONA DE CIRCO E ARTES DE RUA

Quatro dias de intensa atividade tendo o circo como a principal atração. Trata-se da quarta edição da Mostra Além da Lona de Circo e Artes de Rua, que será realizada de hoje a sábado e reúne 28 trupes circenses de diversas regiões do País num encontro para homenagear essa arte pioneira.

A Mostra, que geralmente é realizada em março, surgiu como forma de comemorar o nascimento do palhaço paulista Piolim, em 27 de março, data em que se celebra o Dia Nacional do Circo. Mas, em função das chuvas do início do ano, esta edição foi adiada. “Também estamos em meio a uma crise política e econômica que nos obrigou a reduzir o campo de atuação, mas o importante é que a mostra ocorre”, explica Christian Mathias, produtor do evento.

Segundo ele, o objetivo da mostra é facilitar o acesso do público aos espetáculos do repertório do grupo Circo Além da Lona, abrir espaço de discussão e trocar experiências com profissionais circenses de diversos locais. “Nesta quarta edição, ao invés de espetáculos, vamos fazer saraus com os grupos apresentando números curtos. Isso dá mais agilidade e aumenta a possibilidade de troca”, diz Mathias.

Com a redução da área de ação, a mostra vai se concentrar em quatro pontos de Campinas: na sede do Circo Além da Lona (Centro), na Estação Cultura, na Praça Rui Barbosa e na sede da Escola de Samba Rosas de Prata, na Vila Castelo Branco. “Sempre buscamos levar apresentações para bairros periféricos. Mas este ano, em função da escassez de recursos, fora da região central, vamos apenas na Vila Castelo Branco”, informa o produtor.

Além de grupos campineiros, a mostra reúne companhias de São Paulo (Trup Trolhas), Rio de Janeiro (Wil Junior e Palhaço Gracinha), Ribeirão Preto (Cia Pé de Chinelo), Valinhos (Cia. Tomara que Não Chova), Sumaré (Circo Volante), Natal, RN (Palhaço Fuxiquinho), Belém do Pará (Palhaços Trovadores), Londrina (Palhaço Mequetrefe), Vitória (Cia Clonic), além de diversas trupes de Campinas.

Um dos destaques, segundo Mathias, é a presença do palhaço Fuxiquinho, de Natal. “Ele é de uma família tradicional de circo, um ídolo no Norte e Nordeste. Dizemos que ele é o palhaço Tubinho do Norte”, comenta, em referência ao palhaço do Circo de Teatro do Tubinho, de grande sucesso no interior de São Paulo. Outro destaque é a palhaça Romana Melo, da companhia Palhaços Trovadores, de Belém, que vai ministrar uma oficina sobre a arte da palhaçaria.

A mostra oferece ainda oficinas de trapézio e tecido acrobático, tarde de bate-papo e saraus circenses com diversas atrações. Fechando o encontro, no sábado, um cortejo festivo com todos os participantes vai descer o calçadão da Rua 13 de Maio, da Estação Cultura até a Praça Rui Barbosa (atrás da Catedral). A concentração começa às 10h, com a descida às 11h. As inscrições para as oficinas podem ser feitas pelo site www.alemdalona.com .

Saiba Mais

O Circo Além da Lona surgiu em 2002 oferecendo oficinas circenses ministradas por Christian Mathias. Desde então tem se destacado com espetáculos de rua que utilizam os espaços alternativos para manifestarem a arte circense com uma linguagem popular. O objetivo do grupo é apresentar-se com prioridade em espaços abertos e de forma que permita ao público interagir no universo do espetáculo. Recentemente o Circo Além da Lona transformou-se em escola de circo, com aulas de acrobacias de solo e aéreas, malabarismos, equilibrismo e palhaço.

Agende-se

SARAU CIRCENSE
– Hoje, às 19h
Onde: Circo Além da Lona (Rua Dr. Quirino, 152, Centro, fone: 3029-2562)
– Amanhã, às 19h
Onde: Sede da Escola de Samba Rosas de Prata (Rua Montese, 101, Vila Castelo Branco)
– Sexta, às 19h
Onde: Sala dos Toninhos (Praça Mal. Floriano Peixoto, s/nº, Centro; estacionamento gratuito com acesso pela Rua Francisco Teodoro, 1.050, Vila Industrial)
Quanto: Entrada franca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *