Guarda Municipal de Campinas doa armas para guarda de Aparecida

A Secretaria Municipal de Cooperação nos Assuntos de Segurança e a Guarda Municipal de Campinas (GMC) oficializaram na manhã desta quarta-feira, dia 3 de outubro, a doação de 15 revólveres calibre .38, para a Guarda Civil Municipal de Aparecida. Trabalhando desde 2004, a Guarda de Aparecida ainda não usava armas.

Localizada na região do Vale do Paraíba, a cidade de Aparecida tem cerca de 37 mil habitantes. Por conta das visitas ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, nos finais de semana o número de pessoas no município salta para 250 mil, em média. Ao ano, cerca de 13 milhões de pessoas passam pelo local.

A doação foi entregue pelo secretário Luiz Augusto Baggio e pelo comandante da Guarda Municipal de Campinas, Márcio Frizarin, ao comandante da Guarda Civil de Aparecida, Giovani Costa Galle, e ao subcomandante Francisco José Vettori. Durante o encontro, na Secretaria de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública de Campinas, o secretário e os comandantes assinaram o documento de doação, de acordo com as exigências da Polícia Federal.

 

Troca de armamento

 

Para que a GMC possa adquirir novas armas, como a troca de revólveres por pistolas, é necessário dar baixa e entregar o armamento para a PF. A Secretaria Municipal de Cooperação nos Assuntos Segurança tem optado pela doação, para ajudar guardas que ainda estão no início de atividades ou não dispõem de recursos para adquirir armas. O redirecionamento do que já não está mais em uso pela GM de Campinas para outras forças de segurança de municípios é realizado sempre que há solicitação.

É a quarta doação de armamento que a GMC realiza neste ano. Em fevereiro, 15 revólveres foram doados para a Guarda de Iperó. Em agosto, outros 25 revólveres calibre .38 foram entregues para a Guarda Civil Municipal de Suzano. E em setembro, a nova Guarda Municipal de Mairiporã recebeu 15 revólveres calibre .38 da GMC para a iniciar suas operações.

A GM de Campinas também auxilia as guardas municipais na orientação dos documentos e exigências da PF para estejam regularizadas quanto ao porte, uso, manuseio e treinamento para utilização dos equipamentos doados.