Geladeira com livros, poesia e exposição estarão nas bibliotecas no sábado

Que tal um giro pelas bibliotecas públicas neste sábado? Você pode ser surpreendido por uma geladeira que virou “gelateca” e até se deparar com o lirismo dos versos nas cirandas literárias, ou com uma exposição chamada “Brasiu”. 
Para começar o roteiro, uma geladeira, criatividade e muitos livros são a novidade que os frequentadores da biblioteca instalada no interior do CEU Vila Esperança irão encontrar todos os dias a partir deste sábado, durante o Sarau da Vila.
Com o olhar voltado às atividades formativas, o bibliotecário do espaço, Marcelo Ferreira, destaca a ação conjunta da comunidade. Da doação da geladeira por um morador do bairro até a construção estética do objeto, a prática incentiva a leitura e estimula as pessoas a melhorarem a qualidade do espaço onde convivem. “Essa ideia da gelateca já existe em outras cidades, e achamos que seria bom trazê-la para a nossa realidade. Os livros são gratuitos e a proposta é que as pessoas façam as doações, leiam e devolvam os títulos ou troquem por outros”.
A velha geladeira, que agora mais parece objeto de arte, foi repaginada por meio da intervenção criativa dos jovens Miriã Santos, Elias Santus (ELS Raciocínio), Reamy Oliveira e Gabriel (Wallke MC).
Exposição e Ciranda Literária
Na Biblioteca Municipal “Professor Ernesto Manoel Zink”, o público poderá participar de mais uma edição da Ciranda Literária, no sarau de sábado, a partir das 10h. Não precisa inscrição. Basta chegar com seu verso ou sua prosa.
Ainda na Zink, o visitante terá a exposição “Brasiu em”, que reúne seleção de tiras publicadas pelo artista visual Fabiano Carriero entre 2010 e 2015. Dentro dos desenhos de humor ou desenho de imprensa, as tiras têm como característica a presença de um ou mais personagens que são fixos, e tem como alvo um leitor mais adulto. As tiras de Carriero trazem o personagem Brasiu, grafado com u, que em situações cotidianas leva à reflexão sobre os dias atuais.
Roda de Poesia
Na Biblioteca Pública “Joaquim de Castro Tibiriçá”, no Bonfim, acontece o projeto Roda de Poesia, neste sábado, das 15h às 17h. A ideia é apresentar a pluralidade de estilos dos poetas brasileiros, que fazem parte do acervo do espaço, como Cora Coralina, Vinícius de Moraes, Carlos Drumond de Andrade, Cecília Meireiles, entre outros. O encontro, que terá Cora Coralina como tema, será mediado pelo poeta e cordelista paraibano Samuel de Monteiro (Samuel Quintans).
“A Roda incentiva o prazer da leitura, possibilitando o alargamento dos horizontes pessoais e culturais”, afirma a bibliotecária responsável, Mônica de Araújo Martins. Ela acrescenta que o encontro especial também “atrai novos usuários para conhecer o espaço e serviços disponíveis”.
Sábado Especial
O sábado também é especial na Biblioteca Infantil “Monteiro Lobato”, localizada no Bosque dos Italianos. Das 10h às 13h, os visitantes poderão caminhar por trilhas onde haverá livros para leitura, participar do piquenique coletivo com cada um levando um lanche para repartir e apreciar a exposição com curiosidades sobre a vida e obra de Monteiro Lobato
Serviço
Sarau da Vila
CEU Vila Esperança (Rua André Gabois, s/n. Vila Esperança. Campinas).
Quando: sábado, 28, das 13h às 17h30
Exposição “Brasiu em”, de Fabiano Carriero
Quando: até 17 de novembro, de segunda a sexta, das 9h às 17h
Cirandas Literárias
Quando: sábado, 10h
Local: Biblioteca Pública Municipal “Professor Ernesto Manoel Zink” (Av. Benjamin Constant, 1633 – Centro, Campinas) 
Roda de Poesia
Quando: sábado, 15h às 17h
Onde: Biblioteca Biblioteca Pública “Joaquim de Castro Tibiriçá” (Rua Quintino Bocaiúva, s/n. Bonfim. Campinas)
Sábado Especial
Quando: sábado, 10h às 13h
Biblioteca Pública Infantil “Monteiro Lobato” (Rua Albano de Almeida Lima, s/n. Bosque dos Italianos. Campinas)