EGDS inicia turma do curso “Transformação Lean na Administração Pública”

  

A Escola de Governo e Desenvolvimento do Servidor (EGDS), órgão ligado à Secretaria de Recursos Humanos, iniciou nesta terça-feira, dia 25 de setembro, mais uma turma do curso “Transformação Lean na Administração Pública”. A capacitação conta com 40 participantes e é ministrada por Sivaldo Teodoro.

 

 

O objetivo do curso é capacitar os participantes para aplicarem na prática os conceitos e ferramentas Lean nos processos das áreas onde atuam. Também visa melhorar os processos, com foco na redução de desperdício e na solução de problemas. “Temos que fazer Lean com quem está disposto a mudar”, disse Teodoro.

 

 

Para a coordenadora da Escola, Marisa Córdoba, é uma grande felicidade ver os servidores na palestra. “É grande minha alegria em ver tanta gente se inscrevendo num curso como este. O curso trata de uma ferramenta filosófica que visa a mudança no nosso dia a dia. Traz a possibilidade do servidor ser um agente transformador na sua gestão pública. Ou seja, traz grandes melhorias e uma mudança de vida”, disse

 

 

Na primeira etapa da aula, os participantes se apresentaram e compartilharam suas experiências e expectativas. Entre os problemas apontados, a burocracia, a falta de interação entre as áreas, o excesso de etapas no processo de elaboração e a rotina em si foram os principais pontos.

 

 

O palestrante também contou que a prática ajuda nos problemas do cotidiano. “Reduz tempo e elimina desperdícios. É uma forma de pensar e de se disciplinar no nosso dia a dia”, resumiu.

 

 

Para Gabriela Brambilla, assessora técnica da Cohab, o curso é uma experiência positiva. “Eu estou gostando bastante. A gente aprende como ter mais agilidade nos processo burocráticos, principalmente quando mexemos com redes sociais. Também vemos que às vezes nem é necessário aquele processo, mas seguimos etapas, mesmo sabendo que o resultado final, na maior parte das vezes, é o mesmo”, disse.

 

 

Cibele Rigueto, do Departamento de Vigilância em Saúde, achou muito interessante a didática do curso. “Para mim está sendo muito proveitoso. Espero aprender a desburocratizar os processos e conseguir levar isso para o meu trabalho e para o meu dia a dia”, avaliou.

 

 

As aulas acontecerão em quatro encontros, sendo que o último será uma apresentação dos trabalhos de conclusão de curso. A capacitação terá carga horária total de 28 horas e, para ter direito ao certificado é preciso ter 100% de presença.