Conselho de Desenvolvimento da RMC reúne-se em Campinas

A gestão e o tratamento de resíduos dos serviços de saúde esteve no centro das discussões da 200ª reunião dos membros do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas (CD – RMC) na manhã desta terça-feira, 18 de setembro. O encontro ocorreu na Sala Azul do Gabinete do Prefeito e contou com a participação de prefeitos e gestores públicos da região, da AgenCamp (Agência Metropolitana de Campinas) e do Ministério Público estadual.

 

 

O prefeito Jonas Donizette foi representado pelo vice-prefeito, Henrique Magalhães Teixeira, que recepcionou os presentes. “Hoje estamos com a casa cheia e quero dizer que é um grande prazer receber essas equipes em prol da nossa região metropolitana. Espero que sejam boas e produtivas reuniões”, disse Henrique, referindo-se à realização de outro encontro, também na manhã desta terça-feira, no Salão Vermelho da Prefeitura, entre prefeitos e secretários estaduais.

 

 

Resíduos

 

 

O promotor de Justiça do Núcleo PCJ-Piracicaba do Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente (Gaema), Rodrigues Sanches Garcia, foi o responsável por expor aos participantes a legislação sobre a Política Nacional de Meio Ambiente e da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Falou também dos desafios para os municípios fazerem a gestão da coleta e destinação dos resíduos dos serviços de saúde de forma compartilhada com os geradores privados.

 

 

Na sequência, o representante da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), Carlos Roberto Vieira da Silva Filho, falou do plano de trabalho desenvolvido pela entidade para a Região Metropolitana de Campinas.

 

 

Na ocasião, os prefeitos esclareceram suas dúvidas e deram sugestões sobre os temas em pauta.