Comitiva da Itália visita Campinas e destaca área da saúde

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, recebeu, nesta terça-feira, 30 de janeiro, uma comitiva do estado italiano da Úmbria, que veio ao Brasil para a assinatura de um protocolo de intenções com o governo do Estado de São Paulo. A assinatura foi na segunda-feira, 29 de janeiro, em São Paulo, e trata-se de uma cooperação nas áreas econômica, de saúde, social, alimentar, científica e cultural.

 

 

“Hoje demos mais um passo dessa aproximação. Esse convênio envolve várias áreas. Uma das áreas mais pertinentes é a de saúde, já que temos uma população que está envelhecendo. A ideia é termos um complexo hospitalar, na área de oncologia. Além de produzir equipamentos biomédicos de alta tecnologia, os italianos propõem trazer formas de gestão sustentável da saúde”, disse o prefeito Jonas Donizette.

 

 

O prefeito destacou que a área alimentar também é muito proeminente nessa parceria, por Campinas ter várias instituições da área de tecnologia de alimentos. Outro plano é a vinda de um festival de jazz para a cidade, tradicional na Úmbria.

 

 

“Campinas tem condições adequadas para uma parceria como esta”, disse o vice-prefeito Henrique Magalhães Teixeira, que destacou o amadurecimento da cidade para receber e promover eventos como o festival de jazz italiano Úmbria Jazz.

 

 

Saúde e tecnologia

 

 

O secretário municipal de Saúde, Carmino de Souza, contou que esteve, no ano passado, na região da Úmbria. Na ocasião, foram visitadas indústrias da área biomédica e discutidos projetos futuros.

 

 

“Esse convênio vem sendo trabalhado há algum tempo e abrange várias áreas. A saúde é uma parte. Dentro da Saúde, temos interesse em uma unidade de um centro integrado de câncer. Esse projeto pode ser acoplado ao que já existe na cidade”, disse o secretário.

 

 

A cooperação prevê uma parceria junto à Unicamp, especialmente na instalação desse polo avançado de oncologia e oncoematologia, em colaboração com o Hospital de Perúgia, estado da Úmbria.

 

 

O senador da República da Itália, Fausto Longo, afirmou que busca estreitar as relações entre Brasil e Itália. “Todo esforço que pudermos fazer para melhoria, especialmente na área da saúde, vamos fazer. Que cada país faça o melhor de sua parte”, disse Longo.

 

 

Também participaram da reunião, o secretário municipal de Habitação, Samuel Rossilho; o secretário municipal de Cultura, Ney Carrasco; o deputado da República da Itália Fabio Porta; o secretário de Relações Internacionais e Cooperação da região de Úmbria, Giampiero Rasimelli; o diretor regional de saúde da região de Úmbria, Walter Orlandi; o responsável pela área internacional da Confindústria Úmbria para o setor biomédico, Maurizio Petrozzi; o reitor da Unicamp, Marcelo Knobel; o representante do consulado da Itália em Campinas, Álvaro Cotomacci;

 

 

Outros temas

 

 

Outros temas tratados no protocolo assinado entre o governo do estado de São Paulo e o estado da Úmbria, como pesquisa para o desenvolvimento da qualidade e da produção de produtos alimentícios; intercâmbio cultural, formativo e universitário; elaboração de projetos nos setores da conservação e valorização do patrimônio cultural; organização conjunta de seminários, fórum, mostras e eventos culturais; sustentação às iniciativas das comunidades de emigrados presentes nos respectivos países.