Comitê realiza reunião entre equipes do SOS Rua e Consultório na Rua

 

A necessidade de integração e intersetorialidade é consenso entre as equipes que atuam com a população em situação de rua em Campinas. A importância de momentos para discussão de casos tendo em vista a qualificação do atendimento a esses cidadãos também foi discutida durante a primeira reunião ampliada do Consultório na Rua e do SOS Rua que ocorreu na tarde da última quinta-feira, dia 27 de setembro.

 

 

Representantes do Comitê de Acompanhamento e Monitoramento das Ações do Plano de Atenção à População em Situação de Rua também participaram do encontro, que definiu a periodicidade das próximas reuniões das equipes e o fortalecimento de fluxos de trabalho para otimizar os recursos humanos e o trabalho dos vários serviços que atendem a esse público.

 

 

O propósito do Comitê é fortalecer a rede de serviços específicos para população em situação de rua nas áreas de Saúde, Assistência Social e Segurança Pública. Visa, ainda, dar visibilidade a esse segmento da população, para garantir seus direitos enquanto cidadãos.

 

 

Os técnicos avaliaram que o trabalho com a população em situação de rua é sempre um desafio e requer esforço conjunto para suprir as necessidades daquelas pessoas. Essa complexidade leva a outra ação prevista no Plano Intersetorial para População em situação de rua, a de sensibilizar servidores das demais áreas do Poder Público. O objetivo é a integração das demais políticas sociais à rede de serviços específicos para atender à população em situação de rua. Como exemplo, o Comitê cita as áreas de esporte, cultura, habitação, trabalho e renda, serviços públicos, verde e meio ambiente, dentre outras que, gradativamente estão sendo incorporados à rede.

 

 

O plano foi dividido em ações de curto, médio e longo prazos e deverá ser implantado até 2020.