Com obras entregues, Centro de Convenções Royal prepara a inauguração

 

 

O vice-prefeito Henrique Magalhães Teixeira participou nesta terça-feira, 6 de fevereiro, da entrega das obras civis do Centro de Convenções Royal Palm Hall. Após receber a obra da incorporadora e construtora encarregada da execução, o grupo Royal Palm Hotels & Resorts assume os trabalhos de finalização do novo empreendimento, que consistem, basicamente, na colocação de carpetes, revestimentos vinílicos, marcenaria e todo o enxoval de eventos. A abertura está prevista para o dia 18 de maio. Já estão confirmados mais de 20 eventos para este ano.

 

 

Representado o prefeito Jonas Donizette, o vice-prefeito Henrique Magalhães Teixeira destacou a importância da obra para a economia e desenvolvimento da cidade. “Campinas precisava de um centro de convenções deste porte. Com certeza, é um empreendimento que vai beneficiar não só o nosso município, mas toda a região. Será um instrumento de desenvolvimento econômico para a cidade, que se colocará cada vez mais como um polo que oferece serviços de alta qualidade”, projetou.

 

 

Com 44 mil metros quadrados de área construída, o Royal Palm Hall possui 51 espaços de eventos, totalizando 13.500 m² de salas e foyers. A grande estrela do Centro de Convenções é o Salão Monumental, maior ballroom (salão nobre de eventos) do Brasil. Com 4.500 m², tem capacidade para cinco mil pessoas em auditório e nove mil em shows.

 

 

“Do ponto de vista construtivo, o Centro de Convenções Royal Palm Hall está pronto. Vamos fazer agora o trabalho de acabamento. Queremos atrair o mercado que hoje é pouco atendido. Havia uma demanda reprimida para grandes congressos e convenções que reúnem de 2.500 a cinco mil pessoas. O nosso diferencial é esse conceito de serviço completo é único no Brasil. É um operador só, com centro de convenções, resort, um hotel quatro estrelas, um econômico. São 1.036 apartamentos”, afirmou Antonio Dias, diretor executivo do Royal Palm Hotels & Resorts.

 

 

O mega centro de convenções faz parte do complexo Royal Campinas – Convention Business & Hotels, que, além do já reconhecido Royal Palm Plaza, vai abrigar também dois novos hotéis (um quatro estrelas e um econômico), escritórios, salas corporativas, praça central, o segundo heliponto e um mall com gastronomia e conveniência.

 

 

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo de Campinas, André von Zuben, o empreendimento consolida o município como um dos principais roteiros para eventos de grande porte no país. “Para a nossa cidade é muito importante, porque Campinas tem vocação para o turismo de negócios e de eventos. Este complexo irá fortalecer o setor e também traz outra grande importância, que é a geração de empregos (serão criados cerca de 750 novos empregos diretos)”, declarou o secretário. A prefeitura de Campinas também esteve representada no evento pelo secretário de Planejamento e Desenvolvimento Urbano, Carlos Augusto Santoro, e pela diretora de Turismo, Alexandra Caprioli.

 

 

Intervenções viárias

 

 

Como contrapartidas do empreendimento, o projeto foi acompanhado de obras viárias. Foram feitos dois acessos viários entre a rodovia Anhanguera e o bairro Jardim Nova Europa, um viaduto com 60 metros de extensão ligando o complexo ao bairro, além de dois pontos de ônibus e uma rotatória também no bairro.