Campinas terá “Dia D” de vacinação contra a febre amarela no sábado 28

A Secretaria de Saúde de Campinas promove no próximo sábado, 28 de outubro, um “Dia D” para intensificar a vacinação contra a febre amarela na cidade. Entre 8h e 17h, os 64 Centros de Saúde disponibilizarão as doses para a população.

 

A vacina, em dose única, está recomendada para todos os moradores da cidade, a partir dos nove meses de idade. Quem já recebeu a dose em algum momento, não precisa se vacinar novamente. Casos específicos serão analisados pelos Centros de Saúde. É importante levar a carteira de vacinação. Quem não tiver, vai receber uma no dia.

 

A medida foi tomada depois que foram confirmados dois casos de macacos sagui infectados pelo vírus da febre amarela. O primeiro aconteceu no Jardim das Paineiras, região Leste de Campinas. O animal foi encontrado em agosto e a doença confirmada em 14 de outubro. O segundo foi encontrado no Parque Jambeiro, região Sul, em setembro. A confirmação para febre amarela aconteceu em 17 de outubro.

 

Desde janeiro deste ano, cerca de 300 mil pessoas foram vacinadas contra a febre amarela em Campinas.

 

A diretora do Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde), Andrea von Zuben, ressalta a importância da vacinação. “É muito importante que o campineiro se vacine. A febre amarela é uma doença que tem prevenção por meio da vacina. Por isso, quem não tem a dose, deve procurar os centros de saúde”, afirma.

 

As ações foram definidas em conjunto com a Secretaria Estadual de Saúde.

 

Medidas

 

Desde a confirmação dos casos, uma série de ações foram desencadeadas na cidade. Além da ampliação do horário de oferta de vacinas contra a febre amarela nos Centros de Saúde das regiões onde os macacos foram encontrados, foram realizadas nebulizações, bloqueio e controle de criadouros e monitoramento entomológico para identificar a espécie do mosquito transmissor da doença.

 

Também foram realizadas orientações para moradores dos bairros envolvidos e vacinação em espaços com grande concentração de pessoas, como clubes, escolas e instituições religiosas.

 

A vacina contra a febre amarela está disponível o ano todo em todos os centros de saúde da cidade, de acordo com a programação de cada unidade.

 

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 156.