Audiência do Plano de Manejo da APA terá continuidade em 10 de julho

Com mais de 210 pessoas representando diversos setores da sociedade, a Prefeitura de Campinas, por intermédio da Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SVDS), realizou na noite desta segunda-feira, 25 de junho, audiência pública para apresentar a minuta do Plano de Manejo e os parâmetros para o uso e ocupação da terra da Área de Proteção Ambiental (APA) de Campinas. O encontro aconteceu no salão social anexo à Subprefeitura de Joaquim Egídio e terá continuidade em uma segunda sessão, no dia 25 de julho, a partir das 18h, no mesmo local.

 

 

Segundo o secretário da SVDS, Rogério Menezes, que presidiu a mesa, a decisão por realizar mais uma sessão teve por objetivo atender aos pedidos dos presentes. “Foi uma reunião muito positiva com destaque para a participação social e a representatividade, com a presença de vários setores como, por exemplo, o movimento pró-moradia, proprietários rurais, Congeapa (Conselho Gestor da APA Campinas), técnicos e cidadãos interessados na pauta”, avaliou Menezes.

 

De acordo com o secretário, as perguntas e manifestações feitas durante a sessão de ontem terão as respostas publicadas no Diário Oficial do Município a partir do dia 10 de julho. Até esta data, os cidadãos poderão também enviar perguntas e considerações por escrito sobre o Plano de Manejo para o endereço apacampinas@gmail.com.

 

“A APA Campinas representa um importante patrimônio para a cidade de Campinas e estamos abertos ao diálogo e à participação de toda a sociedade para aprimorar o Plano de Manejo”, disse Menezes.

 

 

Plano de Manejo

 

 

O Plano de Manejo é um documento que, a partir de diversos estudos, estabelece as normas, restrições para o uso, ações a serem desenvolvidas e manejo dos recursos naturais de uma Unidade de Conservação (UC) e seu entorno. O documento tem por objetivo proteger os recursos naturais (fauna, flora, recursos hídricos) e compatibilizar o ordenamento territorial da região.

 

 

Toda a elaboração do plano de manejo é acompanhada por um grupo criado com integrantes da Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Secretaria de Planejamento e Urbanismo, Fundação José Pedro de Oliveira e Congeapa.

 

 

A APA de Campinas, criada pela Lei Municipal nº 10.850/01, é a UC mais antiga do município, abrangendo aproximadamente um terço do território. É a área com a maior concentração de água e matas naturais do Município.