Atividades artísticas conscientizam sobre sociedade inclusiva e acessível

 

  

A Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos (SMASDH) de Campinas realizou no sábado, dia 22 de setembro, apresentações artísticas em celebração ao Dia Nacional de Luta de Pessoas com Deficiência. A programação faz parte do Setembro Verde, que marca a conscientização para uma sociedade acessível e inclusiva, sustentável em todos os aspectos.

 

 

O evento ocorreu no Centro de Convivência, com apresentações de flauta dos alunos do Centro Cultural Louis Braille, de capoeira pela Fundação Síndrome de Down, e de dança. Os alunos do Centro de Educação Especial de Síndrome de Down (CEESD) também passearam pela praça carregando cartazes com dizeres como “Sou capaz de fazer o que eu quiser”, pedindo mais respeito e integração junto à sociedade.

 

 

Para a secretária de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos, Eliane Jocelaine, o evento foi importante por proporcionar maior interação com o público. “Conseguimos atingir o nosso objetivo de estabelecer com a sociedade, cada vez mais, a questão da inclusão das pessoas com deficiência. Acompanhar a emoção das pessoas ali presentes, que assistiram às apresentações, só nos mostra que estamos no caminho certo”, avalia a secretária.

 

 

O Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência foi oficializado pela Lei nº 11.133, de 14 de julho de 2005. Passou a fazer parte do Setembro Verde por sua proximidade com o início da primavera e o Dia da Árvore, pois uma sociedade acessível e inclusiva tem que ser sustentável em todos os aspectos.