Alexandre Sônego, gestor do MIS, participa de exposição nos Estados Unidos

 

O artista multimídia e gestor do Museu da Imagem e do Som de Campinas, Alexandre Sônego, participa, nos Estados Unidos, da exposição “Off the Radar” com uma videoinstalação aberta à visitação pública até 13 de maio na Galeria da Universidade da Califórnia (campus San Diego).  

 

 

Sua obra, “All About Layers” explora o regime de invisibilidade e o contraste entre classes sociais no Brasil. “O trabalho consiste em uma projeção feita com imagens divididas em quatro telas simultâneas que mostram diferentes contextos socioeconômicos brasileiros e a crise brasileira captada pelas câmeras da mídia internacional”, explica o autor.

 

 

A exposição “Off the Radar”, segundo Sônego, é resultado de uma década de colaboração entre artistas e pesquisadores do LabCine (Laboratório de Artes Cinematográficas) da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo, e dos Computadores Interdisciplinares e Artes (ICAM) e Especialidades em Design especulativo da UC. San Diego (UCSD). 

 

 

Com curadoria de Jane de Almeida, a mostra exibe obras de arte de dez artistas que partem do processo de investigação sobre o tema dos sistemas organizacionais fora do “radar”, entendido em um sentido amplo.

 

 

“Desde então, o uso comum de estar ‘no radar’ significa participar de sistemas, evitando ser ignorado e evitando a queda na obscuridade e o desaparecimento da visão pública. Nos domínios cultural, social e político, por exemplo, ser mantido no radar pode ser crucial para ser estabelecido na sociedade globalizada”, diz a curadoria. 

 

 

Após reuniões e diálogos sobre o assunto, novos trabalhos serão apresentados em São Paulo em 2019, juntamente com uma série de palestras.

 

 

O coletivo da exposição é formado por Amanda Areias (São Paulo, Brasil), Alexandre Sônego (Campinas, Brasil), Leandro Oliveira (São Paulo, Brasil) Mateus Guzzo (brasileiro, radicado em San Diego), Mateus Teixeira (São Paulo, Brasil), Brett Stalbaum (Estados Unidos), Rebecca Zhao (chinesa radicada em San Diego), Vic von Poser (brasileiro, radicado em Londres), Fernando Campana (São Paulo, Brasil) e Humberto Campana (São Paulo, Brasil).